segunda-feira, dezembro 01, 2008

Há dias assim... #45

Um contratempo...
Uma contrariedade...
Um caminho diferente...
A arbitrariedade...
As opções e as escolhas...
Quando algo passa ao lado e ficamos a observar...
Quando sentimos fugir-nos das mãos o que tanto queremos...
Quando percebemos que a nossa vontade não chega...
Há dias em que um simples gesto diz tudo...
E a ausência dele mais ainda...
Há dias em que nos sentimos intransigentes connosco próprios, mas muito mais com os outros.
Sabemo-nos irrazoáveis...
Sabemo-nos de obrigação de distanciamento... observar e entender...
Há dias em que o filtro da compreensão se ausenta por tempo indeterminado e nos faz cair no irrazoável, no irresponsável, no insano...
Há dias em que queremos muito e nada...
Há dias em que percebemos que não importamos assim tanto... não importa assim tanto... não me importa assim tanto...
Sentir que se faz uma birra de criança porque não nos fizeram a vontade... e sentir a profunda frustração e desejo de que tivesse corrido de feição...
Há dias em que o Mundo não gira à nossa velocidade e temos que parar para voltar a agarrar... talvez na próxima volta...
Há dias assim...

Etiquetas: ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial