quinta-feira, junho 22, 2006

Há dias assim... #10

Acordo...
Pesada!
O peso do que está por dizer é demasiado. O pensamento não flui. O mau-feitio ataca e apetece-me dizer tudo de rompante, sem meias medidas, sem cuidados sonoros. Há dias em que o que ficou no de ontem multiplicou-se por si próprio 10 vezes. Não... 100 vezes... Podia passar-se por cima, mas não dá. Cresceu tanto que é impossível ignorar, esquecer. Algo tem de ser feito, dito, entendido, transmitido, descodificado.
Há dias em que acordo com a sensação de não comunicar na mesma luinguagem do resto do mundo. Lembro-me da velha cadeira de Teorias da Comunicação e da Informação. Lembro-me das brincadeiras que fazíamos para perceber o que era a mensagem, o canal, a comunicação, os obstáculos, o ruído.
O Ruído.
O Ruído que distorce a mensagem. Ou que não a deixa passar. Entope o canal e não chega nada ao receptor. Fico danada. Piúrsa. Falo, falo, digo, esforço-me, tento, explico, uso diversos tipos de linguagem e nada!!!
Nada!!!
Há dias em que tenho a sensação de que do dia para a noite interiorizei toda uma outra língua e toda a gente me ouve, mas ninguém me entende... Falo com palavras e sons desconhecidos.
Grito!!!
Mas nada na mesma...
Gesticulo!!!
E nada.
Olham impávidos e serenos e eu aqui, contorço-me, grito, abro mais a boca para fazer bem o desenho das palavras... Pode ser que consigam ler nos lábios.
Mas não adianta. Há dias em que a comunicação simplesmente não é possível. Há dias em que por mais que tentemos, por mais que desobstruamos os canais, por mais que tentemos eliminar o ruído... nada! Nada adianta. Nada resulta. Há dias em que a comunicação não se faz e pronto. Há dias em que a mensagem não chega ao destinatário simplesmente porque ele a não quer receber...
Há dias em que seja que esforço for não me leva a lado nenhum...
Há dias em que simplesmente é melhor virar costas e deixar para amanhã... e aguardar que amanhã o receptor queira descodificar a mensagem...
Há dias em que é melhor virar costas...
Há dias assim...

Etiquetas:

3 Comentários:

Às junho 22, 2006 2:34 da tarde , Blogger Jaime disse...

Catarina, não sei se te serve de consolo, mas eu percebi o que queres dizer com o teu post. Pelo menos essa mensagem chegou bem a um receptor.

Anima-te e um beijo!

Jaime
www.blog.jaimegaspar.com

 
Às junho 22, 2006 2:50 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Pois é... há dias assim! e às vezes são tantos que até enervam! São dias de desconsolo absoluto! E Já agora que falas das teorias de comunicação e informação...também me lembro que achavamos a cadeira uma chatice e a prof, uma enjoadinha! Lembra-te disso e anima-te! Nem ela que era formada na coisa conseguia passar bem a informação! seria erro dela ou má vontade nossa? Pensa que às vezes não passa porque não tem de passar. Correndo o risco de ser esotérica diria: Talvez hoje não seja um dia de passagem da mensagem, talvez neptuno, urano, saturno, venos e os outros todos estejam nas casas erradas! Vais ver que amanhã sobes no ranking das cartas da Maya!!!!!!!!!!

Já agora um conselho: já esperimentaste falar na linguagem dos p's como quando eramos miudos? Podia ser que te ouvissem com mais atenção já que tinham de descodificar a mensagem! :-)

Beipeijospos

Sapalopomépe

 
Às junho 23, 2006 12:15 da tarde , Blogger Catarina em Lx disse...

jaime,
Obrigada!!! Começava a achar que o problema era meu... Mas se aqui alguém me entende, então... talvez o problema seja mesmo de quem não quer ouvir, né???

Sapalopomépé,
Quepe bepelapa ipideipeidapa!!! Voupou expexpeperipimenpentarpar... Beipeijospos.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial