domingo, março 30, 2008

Há dias assim... #40

Quando as palavras não chegam
E os actos não falam
Quando o branco é afinal amarelo e o preto cinza
Quando o silêncio nos berra aos ouvidos e os quês e porquês crescem sem respostas...
Há dias em que grito duma vez tudo o que penso... e depois amachuco a folha e deito fora...
Há dias em que resolvo calar e seguir em frente... e depois sinto-me assaltada pelo fantasma do não resolvido
Há dias em que simplesmente mudo o registo e aguardo que algo chegue ou não chegue... ou acho que não espero e não espero...
Há dias em que sinto mais que outros e penso que não quero... e depois deixo-me tomar de novo pelos quês e porquês...
Há dias assim...

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial