quinta-feira, junho 01, 2006

Animais sexuais... é o que todos somos.

Hoje achei que precisava de um alento para o meu dia... O tempo está assim, esta luz mata-me, não vejo nada, e fico assim... xôxa como o céu...

Vai daí, a menina achou que merecia comer uma bela duma pasta ao almoço. Sento-me a saborear a pasta, a admirar o silêncio que vinha do outro lado da mesa (e é por isto que às vezes me sabe tão bem almoçar sozinha...) quando numa mesa próxima algumas palavras soltas começam a despertar a minha atenção.

Um casal conversava animadamente... A tipa, uma daquelas bonecas cheias de betume, falava, falava, falava... com uma vozinha tão estridente quanto irritante, mas pouco dizia de jeito. O tipo respondia-lhe, mas como tinha uma voz normal, e primava por alguma discrição, não percebi patavina do que lhe dizia.

Às tantas a conversa descamba de vez:
Ela diz: Ó Paulo, não inventes... Não conheço um único caso de amizade verdadeira entre um homem e uma mulher. Poupa-me! Quando há uma amizade entre 2 pessoas de sexos diferentes, pelo menos uma vez na história dessa amizade, houve algum envolvimento entre eles... alguma coisa tem que ter acontecido, senão a amizade mais dia, menos dia acaba... Está na nossa natureza de animais que somos. Nós somos animais sexuais e não conseguimos ultrapassar isso. Não existe, Paulo. Sério! Não há uma única amizade entre um homem e uma mulher que não passe pelo sexo...

Eu penso: A gaja está parva!!! Mas que merda de conversa é esta??? Quantos exemplos queres, pá??? Claro, já sei! Como os encantos naturais dela não pegam no gajo, ela está a apelar para a estupidez animalesca do bicho... O que tu queres sei eu, ó minha grandessíssima Barbie!!!

Mas a minha estupefacção foi total aquando da resposta dele... Confesso que ainda não percebi como raio não me engasguei com o esforço de contenção da gargalhada...

Ele, num acesso de falta de discrição quase berra: Ah!!! Está bem... Então o que tu me estás a dizer é que estamos aqui sentados a perder tempo, não é???

Não preciso dizer que nem sequer acabaram de comer e menos de 2 minutos depois estavam a voar restaurante afora, pois não???

3 Comentários:

Às junho 01, 2006 4:31 da tarde , Anonymous salomé disse...

Aplaudo a decisão do rapaz!!!!! Se ela não está interessada senão em sexo para que perder tempo! É por isso que eu gosto de pessoas chamadas Paulo, das que conheci todas eram frontais e sabiam muito bem o que queriam!
Agora, acredito na amizade entre os sexos! Tenho bons amigos homens com quem nunca tive nada ou quiz ter! Claro que nem sempre resulta existem homens e mulheres que simplesmente mascaram o dar umas voltas com amizade e assim é logico que findo o interesse (ou quando uma das partes não o tem) a "amizade" acaba!
E acredita que a maioria pensa assim!

Vivam os homens esclarecidos e decididos

 
Às junho 01, 2006 11:55 da tarde , Blogger Folha de Chá disse...

Pronto, se ela bem o pediu, melhor o teve.

 
Às junho 03, 2006 9:35 da manhã , Blogger Catarina em Lx disse...

salomé,
o Paulo pareceu-me um tipo nada burro. Ora ,se ao fim de não-sei-quanto tempo a Barbie betumada ainda n tinha percebido a mensagem para quê insistir? Se não os podes derrubar, juna-te a eles, né? Quanto às amizades: claro que há amizades verdadeiras e honestas e duradouras e sei-lá-mais-o-quê entre um homem e uma mulher. Eu tb as tenho...

folha de chá,
convenhamos, pelo menos a abordagem foi original... Afinal a Barbie era mais esperta do que aparentava...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial