sexta-feira, abril 14, 2006

14 de Abril

Parabéns para mim
Nesta data querida
Muitas Felicidades
Muitos anos de vida...

hehehehe

A cachopa deixou os intes e entrou nos intas. Segundo dizem as minhas amigas, esta é a altura em que a vida começa... Vamos ver. Mas que me faz alguma confusão, faz... uma mudança assim tão radical. Agora tenho mesmo que ser adulta. Que chatice!!! E responsável... Que seca! E todas essas coisas que os adultos a sério são... Ora bolas!!!

8 Comentários:

Às abril 14, 2006 12:02 da tarde , Blogger Lótus Azul disse...

Muitos parabéns, miúda!

Estou nos intas há 3 anos... e a vida não começou nessa altura, porque a vida começa todos os dias, mas devo dizer-te que os intas são uma fase da vida bastante mais interessante que os intes.

Agora essa parte do ter de ser mesmo adulta.... bah!

Isso foi um conceito que inventámos em crianças: o conceito do ser-se crescido, que eram aquelas pessoas de pernas altas que exerciam poder sobre nós. Não vejo grandes progressos mentais entre uma pessoa de 23 e outra de 33.

... E conheço muita gente de 14 anos bastante responsável e muita gente de 54 bastante irresponsável.

"Crescer" é sempre bom, seja em que idade for!

 
Às abril 14, 2006 2:46 da tarde , Blogger Afrodite disse...

Parabéns!! :)

 
Às abril 14, 2006 4:16 da tarde , Blogger jpt disse...

paciência. deixe lá, custam mais os 40s

 
Às abril 14, 2006 10:05 da tarde , Blogger Inês disse...

PARABENS GAJA!!!
Hoje tens direito a post especial... Vai lá ver...
Bêjo!

 
Às abril 14, 2006 10:31 da tarde , Blogger Folha de Chá disse...

PARABÉNS!!!
Bem vinda aos trinta. Vais ver que vais gostar muito mais do que os vintes. :) :)

 
Às abril 15, 2006 6:12 da tarde , Blogger Hugo disse...

Pronto, aproveito para te dar um beijinho de parabéns nos teus domínios!

Intes, intas, entas,... venham eles!!

E já dizia o pubõn:
A vida é um empréstimo que temos a pagar em data incerta!

Trufa, toma lá sabedoria!!
Ah pois é! 0;)

Beijocas

 
Às abril 16, 2006 9:27 da tarde , Blogger Catarina em Lx disse...

lótus azul,
tens razão: essa coisa de ser crescido é mais um estereótipo que outra coisa. Se há imagem que me deixa aterrada é a de mim mesma vestida daqueles adultos crescidos que conheci em miúda. Não quero nunca ser assim... Carrancuda, autoritária, sábia, cúmulo de responsabilidade... Não, não quero.

afrodite,
Gracias :))))

jpt,
acredito que sim, mas deixe-me primeiro ter a crise dos 30. Uma de cada vez, foi o que me ensinaram desde pequenina... Sem pressas...

sis,
Isos é que foi inspiração, hein??? Com direito a foto a tudo... Gracias gaija. Faltas cá tu!

folha de chá,
Muchas Gracias. Com tanta gente a dizer-me o mesmo, começo a acreditar com toda a minha força. Espero estar numa daquelas fases ascendentes...

hugo,
qué isso pá??? Sabedoria é coisa de gente avançada na idade... Deixa-te disso, pá. Senão vou pensar que entretanto tb cresceste e vou ficar triste... muito, muito triste.
Gracias.

 
Às abril 20, 2006 11:14 da tarde , Blogger SOD, o Pérfido disse...

As mudanças de idade não se dão de um dia para o outro. São precisos muitos dias para se ir mudando. E isso da mudança de década é um mito. Porque é que a passagem dos 29 para os 30 tem que ser diferente da dos 28 para os 29 ou dos 30 para os 31?!

Eu não notei diferença nenhuma quando mudei dos 19 para os 20... Ainda por cima isto de ter nascido de madrugada, leva-me a mudar de ano a dormir...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial