sexta-feira, setembro 19, 2008

Hoje ao serão...

Sentada no sofá. Portátil no colo, aguardando... Televisão ligada com imagens desinteressantes, sons longínquos, conceitos nada cativantes. Barulho, companhia, pedaços de sons vindos do nada.
Sono. Deu-lhe o sono e bocejou. Necessidade absurda de se deixar levar... Mergulhar no sonho. Dar descanso às emoções...
Imagens fortes com música estimulante...
Pequeno nada de atenção acompanhado de bocejo...
Desejo de um sonho suave e reconfortante... Quem sabe revelador...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial