segunda-feira, setembro 01, 2008

Here we go again...

A saga continua!!!

"A Rússia fornece cerca de um quarto do gás consumido pela União Europeia e 60 por cento do petróleo" - fonte de preocupação. E mais uma vez, fico a pensar em todo o trabalho ainda por fazer, no sentido de sermos cada vez menos dependentes de fontes de energia fóssies... Somos um dos países com maior potencial para aproveitamento da energia das marés... para não falar da eólica e da solar... Porque não apostar fortemente??? A actual crise do petróleo (que já tardava... não esqueçamos que são cíclicas e aúltima já tinha praticamente 15 anos...), a prepotência russa, a OPEP e suas políticas arbitrárias, as variações cambiais (para já favoráveis, mas sabe-se lá até quando)... Será que nada disto nos empurra para a frente, no sentido de, não só nos tornarmos menos dependentes do exterior, como menos dependentes de fontes de energia que um dia destes acabarão certamente??? Que tal vestir definitivamente a pele da sustentabilidade???


Etiquetas:

4 Comentários:

Às setembro 01, 2008 11:00 da manhã , Blogger Kikas disse...

Antes de vestir a pele é preciso mudar os cérebros :-((
Os portugueses continuam limitados...

 
Às setembro 01, 2008 12:23 da tarde , Blogger Miguel F. Carvalho disse...

os custos de produzir energia eólica e solar ainda são altíssimos quando comparados com o petróleo...

 
Às setembro 03, 2008 2:20 da tarde , Blogger Catarina em Lx disse...

kikas,
surpreendentemente, até somos um exemplo a seguir... o que não impede que não tenhamos muito, mas mesmo muito espaço por onde evoluir... A limitação dos portugueses vai diminuindo se o assunto estiver na ordem do dia e se as pessoas finalmente interiorizarem que os alertas não são só propaganda...

miguel,
concordo. Mas há investimentos que nunca compensaraõ no curto prazo... Este é com toda a certeza, um deles...

 
Às setembro 05, 2008 2:13 da tarde , Blogger Kikas disse...

Concordo plenamente contigo, aliás, não fossem os meus vizinhos donos de uma linha de penasamento de curtíssimo alcance e há muito que o meu bairro tinha painéis solares para aquecimento de águas ou aquele mega-painel produzido pela Martifer. Espaço não nos falta, falta é visão.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial