sábado, janeiro 26, 2008

Prazeres

Tenho o dia programado.
Entre afazeres e prazeres vou-me dividindo da forma mais equilibrada e menos violenta possível.
O quarto está pronto e limpo e a cozinha só me vai tirar meia horita. A sala outra meia e a roupa, vá lá... 1h.
Não me apetecia cozinhar mas apetecia-me alguma coisa muito saborosa e diferente. Ontem jantei no meu Indiano, portanto tinha ainda na mente o prazer de um belo Chana Massala ou de um Prawn Everest ou de um Mangolassi, ou de um Nan de alho... Abro o congelador e aparece uma embalagem de uma espécie de hamburgers de vegetais, as belas Delícias Bonduelle. Grelhados. 1 batata cortada em fatias de espessura média grelhadas na chapa e cobertos de queijo creme Philadelphia, um resto de arroz frito que estava numa caixa e um ovo estrelado... Não é a refeição ideal, mas era o que me estava a apetecer e fez-se bastante rápido. Abri uma garrafa de Monte Velho que entre o almoço e o possível lanche tardio ou jantar, há-de marchar concerteza.
Sento-me no meu cantinho das leituras e aprecio o sol que começa a aparecer deste lado da casa. Baco e Muqueca juntam-se ao momento prazeroso. Martinho da Vila canta os seus Grandes Êxitos...
Quando acabar este 2º copo de vinho, calço uns ténis, pego no carro e vou até ao Meu Mar. Ver. Cheirar. Ouvir. Viver. Sentir. Apenas olhar. Observar. Talvez ler. Ficar. Respirar. Pensar. Afastar pensamentos. Relembrar. Sorrir. Quem sabe gargalhar. Ponderar. Evitar. Talvez ceder. Cantar. Recordar. Sonhar. Suspirar. Resistir. Ripostar. Sentir o toque da água do Meu Mar.
Dos planos ainda consta uma passagem pelo Pingo Doce, pela Livraria, talvez pelo chocolate quente, quem sabe espreitar um móvel para o WC.
De regresso a casa, talvez acenda a lareira. Acabo a fascina e enrosco-me numa música suave, num livro emocionante, num gato mimalho, num sofá velho, calejado, convidativo, numa manta quente, num chá forte ou num copo de vinho tinto. Fico. Só. Comigo mesma. Virada para dentro. Pensamentos a fluir. Mente a viajar. Espírito em desassossego.

Foto d'aqui

3 Comentários:

Às janeiro 26, 2008 10:04 da tarde , Blogger Daniela disse...

hummm e que belos prazeres, por vezes tão pequenos mas que tanto mexem connosco, hummm também quero...
;)

 
Às janeiro 26, 2008 11:21 da tarde , Blogger Catarina em Lx disse...

daniela,
e os prazeres levam-os de novo ao sentir... ;) Começo a identificar um padrão...

 
Às janeiro 28, 2008 9:05 da manhã , Blogger Ele há horas assim... disse...

Cat, minha querida, esse programa, apesar de não ter nada de transcendente, parece-me muito apetecível...

Um beijinho para uma mulher que sabe apreciar as pequenas coisas boas da vida...

;)

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial