sábado, março 24, 2007

Pôr-de-sol

Lá ao fundo arde...
Está vermelho e laranja e amarelo e confunde-se com o azul do céu e o branco e o cinzento das parcas núvens que o povoam.
Extingue-se.
Vai-se apagando a pouco e pouco.
Vai descendo e perdendo força.
Vai-se sumindo no horizonte.
Lá ao fundo arde e o sol despede-se de mais um dia.
Deixa um sentimento de paz interior. Um rescaldo pacifista depois de um enorme fogo.
Lá ao fundo arde...
Cá no fundo arde.
É um fogo que não perde força. Antes cresce e ganha poder e dimensão e cor e emoção...
Arde e vai ardendo... Alimentado sabe-se lá por quê, vai crescendo... É um fogo que não se põe no fim do dia.
Lá ao fundo arde

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial