segunda-feira, setembro 17, 2007

Pergunta Retórica #23

Quando é que o trivial se torna tão especial?

Etiquetas:

6 Comentários:

Às setembro 18, 2007 11:25 da manhã , Blogger Miguel F. Carvalho disse...

lá estás tu com as perguntas difíceis!!! lol

é quase pior que um exame de Econometria... lol

 
Às setembro 18, 2007 1:19 da tarde , Blogger Daniela disse...

Quando tu o olhares como tal?

 
Às setembro 18, 2007 7:35 da tarde , Anonymous carlos disse...

Não há nada mais essencial do que o trivial pois é isso que nos permite ter balizas comportamentais, essenciais há sanidade mental. (É o que dá andar a ouvir os programas de rádio do Júlio Machado Vaz).
Xicoração.

 
Às setembro 18, 2007 10:33 da tarde , Blogger Inês disse...

Bolas! Não me posso distraír um bocadinho, já tenho 3 horas de leitura só a conta do teu blog...
Andas com comichão na ponta dos dedos, estou a ver...
Em relação à tua pergunta, uma vez que é retórica, vou deixá-la como merece, sem resposta...

 
Às setembro 19, 2007 11:10 da tarde , Blogger Cerejinha disse...

As coisas têm a importancia que lhes damos...mesmo as mais triviais.
:-)

 
Às setembro 19, 2007 11:20 da tarde , Blogger Catarina em Lx disse...

miguel f. carvalho,
Econometria?!?!?! Irra!!! Nã me faças lembrar de coisas tristes... lolol

daniela,
manhoso é o momento em que te apercebes que deixou de ser trivial!!!

carlos,
hahaha Estou a ver que o senhor te inspira...

sis,
lá tás tu com o teu mau feitio!!! Toda a gente responde, comenta, pensa, indaga, enfim... é vê-los a mexer e remexer as ideias. Mas v.exa. tá quieto... ao contrário de mim, deves ter é comichão na língua... hahaha

cerejinha,
mas esse processo nem sempre é racional e consciente... ;)

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial