sábado, setembro 01, 2007

Pergunta Retórica #20

Dose dupla:

As fotografias ajudam a ultrapassar a saudade?
A nostalgia cura-se ou alimenta-se?

Etiquetas:

9 Comentários:

Às setembro 01, 2007 8:21 da tarde , Blogger Miguel F. Carvalho disse...

para mim a saudade só se cura com a presença física...

a nostalgia não tem cura...

 
Às setembro 01, 2007 10:34 da tarde , Blogger eumesma disse...

As fotos ajudam a perpetuar a saudade...

E �s vezes alimentar a nostalgia, � a unica coisa que temos, portanto n�o tem cura, aliment�-la at� poder� ser positivo...

 
Às setembro 02, 2007 11:52 da manhã , Blogger Nuno disse...

Saudade!!!

Palavra composta de quatro vogais e quatro consoantes, que quer dizer tudo e n diz nada.
Na saudade está o siléncio.... será que se escreve saudades com S de siléncio? Quem inventou esta palavra? Será que sabia quantos sentimentos existia num conjunto de letras? Por que não vontade louca de saber, de ter, de ver? Por que não medo, insegurança, incerteza? Por que não desejo de voltar? Será que o A de Saudades é o A de até breve? Será que saudade é para rimar com felicidade? Não!!! Saudade rima com dor..., se rimar com felicidade seria a de reencontrar, mas aí já n é saudade, aí vira realidade.

 
Às setembro 02, 2007 11:54 da manhã , Blogger Nuno disse...

olá! as fotografias só ajudam um bocado, na minha opinião....quando tivermos saudades de alguém, o melhor é marcarmos ou tentar marcar umas horitas p se estar com essa pessoa. beijos e bom domingo!

 
Às setembro 03, 2007 10:32 da manhã , Blogger Cerejinha disse...

Ena perguntas difíceis logo pela manhã!
:-)

 
Às setembro 03, 2007 11:46 da manhã , Anonymous Salomé disse...

Realmente, perguntas dificeis!
Eu concordo quase totalmente com o que disse o Miguel... A nostalgia nunca se cura! A saudade cura-se com a presença fisica?! Às vezes sim, ás vezes não! Agarramos-nos à saudade como se fosse um bote num naufrágio mas a verdade è que a saudade que sentimos nem sempre se mata quando estamos em presença. Muitas vezes a nossa saudade é fruto de uma fantasia que criámos e quando estamos afastados muito tempo de alguém deixamos de ter uma imagem real para termos uma imagem ficcionada. Quase todoas as pessoas mudam com o tempo e nós sentimos sempre saudades de quem elas foram (porque não acompanhámos o processo de mudança), o que pode não corresponder ao que elas são agora. Logo muitas vezes não se curam as saudades, simplesmente se perdem, ou alimentam a nostalgia!

 
Às setembro 03, 2007 5:38 da tarde , Blogger Miguel F. Carvalho disse...

isso já me parece mais saudosismo (saudade do que foram as pessoas no passado) e não tanto saudade...

 
Às setembro 03, 2007 10:56 da tarde , Blogger Catarina em Lx disse...

miguel f. carvalho,
apesar de achar uma idei um tanto ou quanto fatalista, sou obrigada a concordar...

eu mesma,
não sei se alimentar a saudade é positivo... só se for a pensar no reencontro... a nostalgia? Para mim tem sempre uma carga de positivismo... de sorrisos...

nuno,
;) Obrigada!!!

cerejinha,
;) e respostas??? Haverá?

salomé,
ainda conseguiste complicar mais que eu, hein?!?!?! E olha que era difícil... ;)

miguel f. carvalho,
saudosismo... saudade... falta de... missing... será a dor a mesma?

 
Às setembro 04, 2007 9:59 da manhã , Blogger Miguel F. Carvalho disse...

não sei se a dor será a mesma... mas que chateia e perturba, disso não tenho dúvida...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial