segunda-feira, junho 25, 2007

Porra!!! Vidinha de merda!!!

Ainda não eram 6h da manhã já o despertador tocava. Felizmente que nesta altura do ano já é de dia e não custa tanto a saltar da cama... Depois de comer uma torradinha e um galão, de deixar comida aos gatos, de lhes limpar a caixa dos caganitos da noite, de deixar a cama feita, de pôr o lixo no caixote e o papel no papelão, de verificar que já tinha o ordenado na conta, de tomar um duche rápido e vestir as calças de ginástica e uma t-shirt... (irra!!! já estou cansada...), meto-me ao caminho e pouco passava das 6h30 quando saio de casa. às 7h30 já estou dentro do ginásio cheia de pica para transpirar e queimar a bela da banha que me anda a chatear e a incomodar. 8h20 estou na sauna. 10 minutos depois no banho. Às 9h10 chego à informaticolândia e tomo o 2º piqueno-almoço... Tomo nota dos primeiros stresses da semana e despacho meia dúzia de coisas... 11h Reunião semanal. Depois de levar na cabeça q.b. volto ao PC e despacho mais umas coisas. Recebo um convite de uma gaija amiga, companheira, amiga, palhaça, deste circo que é a vida e igualmente sofredora das agruras do dia-a-dia e lá vou eu. Decidimo-nos pelo japonês e resolvo esquecer que me levantei às 6h da madrugada para dar cabo da banha e pimba!!! toca a trabalhar para a banha outra vez, ófaxavor...
Uma tarde para esquecer, com stresses, incompetências, ineficiências, e muitas coisas para levar qualquer um ao desespero... pois que culmina a tarde com uma tarefa de criadita que eu tanto gosto de fazer... E enquanto o assunto de merda não está resolvido eu não posso sair e só saio da bela localidade já passava das 8h da noite.
Passo pelo supermercado a caminho de casa e trago o essencial que o ordenado este mês mirrou e o seguro do carro está por pagar e o condomínio também, e merda!!! Porra!!! Estou farta de andar a contar tostões...
Chego a casa já passava das 21h30 esganada de fome e pego no almoço que tinha levado e que foi preterido em favor do japonês, meto-o no micro-ondas e engulo-o garganta abaixo sem saborear grande coisa. Acalmado o corpo, lavo as malgas dos gatos e dou-lhes comida e água fresquinha. Mimo ao Baco, mimo à Muqueca e bora lá arrumar as compras. Enquanto isso faço uma bela salada para o almoço de amanhã (lembrei-me da banha outra vez...) e começo a arranjar os morangos biológicos que acabei de comprar. Arranjo também o abacaxi biológico e a salsa biológica que cheira tão bem e que tão bem temperou a minha saladinha... Lavo a loiça. Desfaço a mochila e ponho os chinelos a secar. E começo a pensar no que vou vestir amanhã e MERDA!!! Tenho que passar umas calças a ferro!!! Ai que não me apetece nada!!! E, PORRA!!! já passa das 23h e eu tenho que me deitar à meia-noite no máximo pa me levantar novamente às 6h pa ir novamente ao ginásio e ter um dia igual ao de hoje...
Irra!!! Vidinha de merda!!! Não há cú que aguente!!!

6 Comentários:

Às junho 26, 2007 9:07 da manhã , Blogger Ele há horas assim... disse...

vida invejável...

:(

Nem sequer deu para aproveitares o pôr do sol, na cadeira de baloiço, com o belo do copo de tinto na mão...

Mas há que retirar as coisas boas disto tudo: Fazes exercício físico, dás mimos aos gatos e...para desabafar, aproveitas para colocar aqui mais um post que é sempre muito bem vindo!

;-)

Deixa lá...quando me sair o Euromilhões, prometo que me lembro de ti...

;-)

Beijinho

 
Às junho 26, 2007 10:53 da manhã , Blogger eumesma disse...

Que vida mas cansativa eheheh

Até fiquei moida só de ler...:-))

Mas é como diz a pessoa anterior , no meio disso tudo sempre há tempo para algum lazer como mimar os bichanos, estar com as amigas...

Podia ser mto pior com certeza...
:-)

Fica bem

 
Às junho 26, 2007 2:50 da tarde , Anonymous Salomé disse...

Pois é! Isso são as benesses de uma vida independente! Somos tão independentes que não temos ninguém nem para nos dizer, Boa noite! Tem vantagens e desvantagens como todas as outras vidas e muitas vezes o "sossego" compensa o trabalhão! :)

 
Às junho 27, 2007 1:21 da tarde , Blogger Pitucha disse...

Contado assim, de facto, até de te ler ficamos cansadas!
Coragem que o fato de banho espara-nos!
Beijos

 
Às julho 05, 2007 3:46 da tarde , Blogger Sun disse...

Mas que MERDA de vida. Vai mas é para a porta da Segurança Social e pede o rendimento mínimo, antes passa pela feira e arranja uns miúdos para teres atendimento prioritário.

 
Às julho 08, 2007 2:35 da tarde , Blogger Catarina em Lx disse...

ele há horas assim,
a malta queixa-se, queixa-se, mas no fundo é feliz!!! Isto é só uma espécie de purga para que cá fiquem apenas as energias positivas ;)
Não me vou esquecer dessa do Euromilhões... ainda pa mais se andas aqui por estas bandas...

eu mesma,
pois que correndo o risco de me repetir, as queixinhas são um desabafo que assim que fica preto no branco, desanuviam a nuvem negra que às vezes parece pairar por cima das nossas cabeças...

salomé,
sabes bem do que falo não é miga??? Mas deixa lá, o ataque de mau-feitio passa depressa... ;)

pitucha,
o fatinho de banho e a prainha aqui tão perto e a cadeirinha de baloiço e os pôr-do-sol... verdadeiros presentinhos qual elixir para o bom-humor... ;)

sun,
epá, para a róxima peço-te conselho antes de escrever o que quer que seja... essa é uma excelente ideia!!! Olha eu com o rendimento mínimo, a cadeira de baloiço, o copo de tinto ao pôr-do-sol, a Calada beach a 2 passos... epá!!! Isso é que era!!!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial